Categoria: Nacionais

Edemar Cid Ferreira terá de devolver R$ 9,9 milhões ao governo
O banqueiro Edemar Cid Ferreira terá de pagar à Fazenda Nacional a importância de R$ 9,9 milhões por não ter prestado contas de recursos recebidos entre dezembro de 2003 e dezembro de 2004, provenientes de patrocínios ao projeto “Retrospectiva Picasso”.
“O valor captado para o projeto, à época, pela BrasilConnects Cultura, foi de R$ 5,1 milhões. Acrescido de juros legais de mora até junho do ano passado, o montante chega a R$ 9,9 milhões”, informou a CGU (Controladoria Geral da União) que referendou consulta do Ministério da Cultura.
Segundo a TCE (Tomada de Contas Especial), a BrasilConnects Cultura é apontada como responsável pelo prejuízo, “ficando caracterizada a responsabilidade solidária de Edemar Cid Ferreira, presidente da entidade”, e que também dirigia o Banco Santos. Também foram responsabilizados os diretores João Carlos de Paiva Veríssimo, Renello Parrini e Pedro Paulo Braga de Sena Madureira.
Os auditores da CGU, segundo o órgão, apontam que o Ministério da Cultura adotou medidas a fim de sanear a irregularidade constatada, mas não teve o resultado esperado, acarretando a TCE, um recurso da administração pública para ressarcir eventuais prejuízos.

(da Folha Online – 07.07.09)

Sem Comentários para“Edemar Cid Ferreira terá de devolver R$ 9,9 milhões ao governo”

Faça seu Comentário